Junto com o fundo soberano russo RDIF, as três empresas criarão "uma nova parceria estratégica para reunir as principais plataformas de Internet e de comércio electrónico na Rússia e lançarão uma joint venture de primeira ordem na Rússia e na CEI (Comunidade dos Estados Independentes)" no comércio on-line, completa o comunicado.

A nova companhia chamar-se-á AliExpress Rússia e será propriedade da Alibaba (48%), MegaFon (24%), Mail.ru (15%) e RDIF (13%).

Segundo o presidente da Mail.ru, Boris Dobrodeev, a nova estrutura permitirá aos consumidores "comprar produtos sem abandonar as redes sociais".

A transacção deve estar concluída no primeiro trimestre de 2019, de acordo com a nota.