O ministério das Finanças alemão manteve as previsões para este ano feitas em abril passado e reduziu em meio ponto o crescimento esperado no próximo ano.

O crescimento do PIB esperado para 2019 coincide com o previsto pelos principais institutos económicos alemães, que há alguns dias anteciparam um crescimento de 0,5% devido às dificuldades na indústria.

Para 2020, esses institutos apontaram um crescimento de 1,1%, uma décima acima do que o Governo agora anunciou.

Em abril, o Governo anunciara que esperava em 2020 “uma recuperação significativa”, mas agora, num contexto de tensão comercial e de incerteza sobre o ‘Brexit’, moderou o otimismo inicial.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.