“O poder criativo da Bélgica é enorme. Vai ser uma grande partida, muito disputada. Temos de jogar sem euforia e sem medo de perder, essa é a chave. São duas equipas que praticam futebol muito bonito, mas que têm características muito diferentes”, disse o treinador brasileiro, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo de sexta-feira.

Tite demonstrou o seu contentamento com os últimos desempenhos da seleção ‘canarinha’, destacando que os seus futebolistas têm jogado “muito bem e isso só dá força à equipa”.

O treinador de 57 anos dirigiu ainda alguns elogios a Neymar, ao afirmar que o avançado brasileiro do Paris Saint-Germain “é um futebolista de primeiro nível”.

O selecionar anunciou a titularidade de Gabriel Jesus, no ataque, e de Marcelo, na lateral esquerda, depois de ter sido substituído nos últimos dois jogos por Filipe Luís.

“Falei com o Marcelo e com o Filipe Luís. O Marcelo saiu da equipa por causa de um problema médico e não jogou o seguinte encontro devido a um problema físico. O Filipe jogou muito bem nos dois últimos encontros, mas por uma questão de critério regressa o Marcelo”, adiantou.

O técnico revelou ainda que o substituto de Casemiro, que não pode jogar por castigo, será o médio do Manchester City Fernandinho.

Os pentacampeões do mundo enfrentam os belgas na sexta-feira, em Kazan, às 19:00 (horas em Lisboa).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.