Trata-se duma infra-estrutura com capacidade para receber 64 pessoas, 30 quartos divididos em dois pisos, em cada piso terá uma suíte, dois gabinetes, um auditório, um refeitório, balneários, casas de banho, parque de estacionamento e um campo relvado.

De acordo com Carlos Vieira, o projecto está ainda na sua “fase de elaboração e orçamento”, mas deverá ser realizado nos dois municípios, ou seja, “um centro em cada concelho”.

Segundo o responsável, a construção desta infra-estrutura vai permitir a ilha de São Nicolau receber atletas, organizar melhor as provas desportivas nacionais, ministrar acções de formação, treinamento entre as equipas, entre outros.

Entretanto, avançou, que as duas câmaras já mostraram interesse em ceder terrenos para a construção desta infra-estrutura que vai beneficiar “a ilha e seu povo”.

Posto isto, a ideia, segundo o presidente associativo, é apresentar “brevemente” este projecto à comunidade e às federações desportivas para o seu aval.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.