Em declarações à Inforpress, o presidente da AXSN, Arlindo Ramos, adiantou que esta formação a ser ministrada pelo presidente da ACX e também árbitro internacional, Francisco Carapinha, conta com candidatos da AXSN, das Aldeias SOS, São Miguel, Associação de Xadrez da Praia e uma participação individual, decorrerá até este domingo, 10.

A aposta da AXSN, ajuntou o responsável, passa por formar árbitros nesta modalidade para que os torneiros, sobretudo regional, a serem realizados pela associação, possam ser valorizados pela Federação Cabo-verdiana de Xadrez.

Nesse sentido, a mesma fonte avançou que após esta formação vão arrancar com o torneio regional que vai definir quem vai representar a região no campeonato nacional de xadrez.

Arlindo Ramos manifestou ainda a intenção da AXSN de realizar torneios nas festas municipais nos seis municípios da região Santiago Norte (Santa Catarina, São Salvador Mundo, São Lourenço dos Órgãos, São Miguel, Santa Cruz e do Tarrafal).

Na ocasião, fez saber ainda que a AXSN pretende ainda levar avante mais uma formação em parceria coma ACX, visando profissionalizar os xadrezistas e árbitros da modalidade daquela região.

Regras do jogo de xadrez, utilização relógios digitais, diferentes tipos de torneio, sistema suíço, desempates, deveres do árbitro, regulamento anti-batota, ‘swiss manager’, regras cálculo elo e normas jogadores, regras títulos árbitros e teste escrito, são os módulos da formação de três dias.

O evento que tem como palco o Centro Cultural Norberto Tavares, conta ainda com apoio do Comité Olímpico Cabo-verdiano, da Federação Internacional de Xadrez e da Confederação Africana de Xadrez.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.