Segundo apurou a Inforpress, o internacional cabo-verdiano sagrou-se campeão do Desporto Militar Africano na categoria super-pesado, ao vencer na final o sargento Ahmed Selou, boxeador da Guiné Conacri, que jogava em casa.

Davilson Morais, bolseiro de Solidariedade Olímpica e que procura a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tókio’2020, tona-se assim o primeiro campeão africano na categoria super-pesados de boxe militar.

O atleta tornou-se olímpico em 2016 ao representar o país nos Jogos do Rio (Brasil).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.