Segundo a mesma fonte, esta visita deve-se ao facto do presidente ficar “impressionado” com a dinâmica que o COC tem tido nos últimos anos, no aproveitamento dos programas da solidariedade Olímpica para concretizar projectos.

Acrescenta que também tem como propósito de inteirar-se das actividades desenvolvidas pelo organismo cabo-verdiano, além de contactos com os bolseiros da solidariedade olímpica, as federações e as autoridades nacionais, nomeadamente o primeiro-ministro e ministro do desporto.

Esta será a segunda vez que Cabo Verde recebe uma visita do presidente da maior organização desportiva do mundo, facto que, conforme defende o COC, orgulha a toda a comunidade desportiva nacional.

A primeira aconteceu em 1994 com Juan António Samaranch, quando o Comité Olímpico Cabo-verdiano era presidido por Antero Barros.

OM/CP

Inforpress/Fim

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.