Este montante, que consta de um protocolo assinado, quarta-feira, entre a edilidade portonovense e a Associação Regional de Futebol de Santo Antão – Sul (ARFSAS), engloba subsídios e prémios aos clubes oficiais e ao futebol de formação, bem como o transporte da equipa do Tarrafal para cidade do Porto Novo.

O protocolo, que surgiu na sequência de uma proposta de atribuição de subsídios aos clubes apresentada à edilidade pela ARFSAS, contempla ainda o apoio ao funcionamento da própria associação regional de futebol.

O edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, explicou que este protocolo representa aquilo que é “o compromisso” que a câmara municipal tem assumido, todos as temporadas, com o futebol nesta região desportiva.

Informou, porém, que o esforço que a edilidade faz é “muito superior” ao valor em causa, já que este protocolo não inclui a manutenção e o custo de funcionamento do Estádio Municipal (água e energia eléctrica), além de outros encargos.

O presidente da ARFSAS, Fernando Lima, congratulou-se com a assinatura do acordo com a câmara municipal, cujo valor, avançou, ultrapassou as expectativas da própria associação e dos clubes.

A autarquia tem estado a firmar protocolos com as outras modalidades praticadas no município do Porto Novo, designadamente o basquetebol, andebol, voleibol, karaté e a capoeira, além de apoios pontuais às equipas de futebol não federado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.