Segundo António Rodrigues ”Barusco”, mentor desta iniciativa, o prélio entre os vencedores dos grupos A e C realiza-se às 08:30, para logo de seguida, 10:30, subirem ao mesmo relvado as equipas da EPIF e Escola Esperança (primeiro e segundo da poule B), para a segunda semifinal.

A Liga Stopira contou inicialmente com o concurso de 12 equipas dividas em três grupos de quatro conjuntos cada, pelo que se qualificaram para as meias-finais os vencedores dos grupos, mais o segundo melhor classificado.

As meias-finais vão ser disputadas a duas mãos, no sistema dentro e fora, nos Estádios da Várzea e Municipal Achada de Santo António “Campo Sucupira”.

O organizador desta prova regozija-se com a forma como tem conseguido levar este projecto para a sua fase final, pois reclama de falta de apoio e das estruturas desportivas.

Assegurou que a Liga Stopira tem servido de viveiro para grande parte das equipas, mormente em Santiago Sul, mas que já “tarda um reconhecimento, sobretudo em termos materiais e financeiros”, quando se sabe que esta competição tem custos inerentes e a organização depara-se com dificuldades acrescidas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.