Sendo a única de todas as federações desportivas nacionais que não cancelou as competições oficiais, já que a sua época desportiva coincide com o ano civil, a FCX espera pelo mês de  outubro para “reavaliar a situação e de acordo com o que tiver sido estabelecido pelo Governo e pelas entidades competentes, verificar a viabilidade” da realização das competições presenciais.

Segundo o presidente da FCX, Francisco Carapinha, na agenda estão programadas pelo menos duas provas, isto é, o Campeonato Nacional Individual Absoluto (CNIA) e Campeonatos Nacionais de Jovens (CNJ), sendo esta última projectada para se realizar nas férias de Natal.

A FCX justifica a escolha destas duas provas pelo facto do CNIA ser a principal prova do calendário nacional desta modalidade e porque, terminado este ano, alguns jovens mudarão de escalão, ficando assim impedidos de jogar o escalão ao qual pertencem este ano se não se realizarem os CNJ.

A direcção comunicou que devido às contingências existentes face à pandemia, o CNIA’2020 será realizado em moldes diferentes ao que tem sido efectuado, mas os pormenores serão divulgados aquando da confirmação da sua realização.

A mesma anunciou que tem estado a elaborar um programa de aulas e de treinos on-line, que terá início brevemente, para apoiar atletas durante este período e exorta as associações regionais que sigam as recomendações, de forma a manterem suspensas, até Outubro, as actividades presenciais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.