A realização do evento, que propõe valorizar a prestação desportiva dos campeões que no decorrer de uma época projectaram o desporto regional, nas mais diversas modalidades, foi anunciado hoje, em conferência de imprensa, pelo vereador do Desporto, Euclides Silva.

A II edição da Gala Municipal Sal Campeão, que este ano terá lugar num dos hotéis na cidade de Santa Maria, à semelhança do ano passado consistirá em duas categorias, sendo categoria base e categoria prestígio.

Na cerimónia, em que serão eleitos os melhores do ano, isto é, atleta do ano – feminino e masculino -, treinador e dirigentes, associações e clubes, coloca também enfoque na distinção de atletas a nível do desporto adaptado, bem como atletas revelação, tanto feminino como masculino.

Na categoria prestígio propõe-se atribuir prémios carreira desportiva, mérito desportivo e formação desportiva, enquanto na categoria base, acrescenta-se ainda, prémios para promoção desportiva e jornalismo desportivo.

O vereador Euclides Silva explicou que a nível da categoria base, cujas propostas foram submetidas pelas próprias associações, deram entrada 72 candidaturas, porém, após avaliação e triagem das mesmas, serão seleccionados 41 atletas, entre treinadores, dirigentes e entidades ligadas ao desporto.

Na categoria prestígio serão distinguidos dez elementos, isto é, pessoas singulares ou instituições.

Ténis, voleibol, basquetebol, xadrez, futebol, desportos náuticos, atletismo e desporto adaptado, são as modalidades em que serão distinguidos os campeões da gala 2019, orçado em mais de um milhão se escudos.

“Não poderíamos deixar de realizar a II edição da Gala Sal Campeão tendo em conta a repercussão que teve no ano passado. Acreditamos que o evento é para ficar. Trata-se de um acto simbólico que permitirá premiar e enaltecer tudo que é feito a nível do nosso desporto”, sublinhou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.