A fonte explicou que para dar o pontapé de saída vai ser realizado ainda no mês de dezembro uma formação de árbitros de futsal, que será ministrada em dois períodos, para permitir a adesão de maior número de participantes possível.

O objetivo da formação é ter um grupo certificado para dar resposta à intenção da autarquia, juntamente de possíveis parceiros, para a criação da copa de futsal 2019.

Esta formação será ministrada por Rildo Tavares, da Direção-geral do Desporto, mentor da copa de futsal que é realizado no concelho do Porto Novo.

Segundo Mário Soares, na ilha Brava existe “muita prática do futebolinho”, em várias zonas principalmente em épocas comemorativas de algumas datas.

Para formalizar equipas e depois a realizar a copa, o objetivo é formar técnicos que vão adquirir conhecimentos das novas regras da modalidade, com “repercussão notória” a nível nacional.

Nesta ótica, o pelouro do Desporto solicita a adesão dos interessados à formação, para que possa atingir o objetivo de fomentar a prática e o desenvolvimento do desporto na ilha.

MC/AA