Cabral avançou à Inforpress que a seleção nacional será ainda integrada pelos ultramaratonistas Orlando Silva e João Fonseca, e que parte para esta competição com a moral bem alta, tendo em conta a experiência dos atletas que compõem a comitiva cabo-verdiana nesta competição de resistência.

Para além da ultramaratona dos 150 km, considerada a prova rainha, o “Boa Vista Ultramarathon Non Stop” vai, também, ser disputada nas distâncias dos 75 e 42 km.

A prova, de acordo com a organização, vai contar com o concurso de 48 participantes, de vários países, sobretudo da Europa, pelo que a ilha da Boa Vista, por estes dias, estará no centro de todas as atenções das provas de ultramaratona.

A seleção cabo-verdiana de ultramaratona classificou-se em setembro no 24º lugar do 30º campeonato do mundo dos 100 metros em Sveti Martin (Croácia) com o capitão José Cabral a ser o melhor cabo-verdiano com o tempo de 08 horas e 48 minutos.

SR/ZS