António Monteiro, que fazia o balanço da visita que a UCID efectuou este final-de-semana à Boa Vista, afirmou que, neste momento, naquela ilha não está em mente apoiar qualquer outro candidato que não seja um que esteja a encabeçar a lista do próprio partido.

“Nós estamos a analisar é a possibilidade de o partido poder apresentar uma solução aos boa-vistenses para a gestão futura desta Câmara Municipal”, declarou o líder da UCID, completando que, por enquanto, não pode avançar muito mais.

Sobre a visita, o líder dos democratas-cristãos afirmou que se tratou de uma visita partidária em que a força política tinha ainda como objectivo inteirar-se daquilo que é a realidade socioeconómica da Boa Vista e também desenvolver as actividades necessárias para que o partido possa ganhar uma outra dimensão naquela ilha.

Segundo António Monteiro, o partido visitou quase toda a ilha, exceptuando o povoado de Bufareira.

Dos contactos com a população, quer autóctone, quer as pessoas que foram para a Boa Vista à procura de um “bem-estar”, o presidente da UCID entende que algumas declarações deverão ser colocadas ao Governo para este, junto das instituições nacionais e também locais, possa encontrar as soluções para estes mesmos problemas.

António Monteiro apontou situações com a seca, da habitação e consumo de água e pediu uma intervenção do executivo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.