Num comunicado para reagir à noticia que dava conta do atraso no pagamento dos salários aos funcionários, a administração da campanha justifica o facto de alguns trabalhadores não terem ainda recebido os seus salários devido a transferências interbancárias, em que o dinheiro só estará disponível na conta 48 horas depois do depósito.

A administração da empresa indica que a situação foi devidamente comunicada internamente, por forma a preparar os funcionários para o respectivo atraso e, uma vez mais, a companhia lamenta o incómodo provocado com esta situação.

Por outro lado, crítica o facto do assunto ter tido “aproveitamento nos média”, o que na perspectiva da administração coloca em causa a saúde financeira do processo de reestruturação por que passa a empresa.

“Toda a administração dos TACV – Cabo Verde Airlines está empenhada em levar a companhia a bom porto, tomando as medidas necessárias para a viabilização financeira e salvaguardar as operações comerciais em curso”, refere o comunicado.

A TACV, sob a gestão da Loftleider Icelandic do grupo Icelandair, transferiu desde Fevereiro todas as suas actividades para a ilha do Sal, estando a empresa neste momento em processo de reestruturação.

Parte dos trabalhadores vai ser despedida e outros vão para reforma antecipada, estando neste momento a decorrer as negociações entre os sindicatos e a administração da empresa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.