O navio Escola Sagres, da marinha portuguesa, atraca esta terça-feira, 16, no Porto Grande do Mindelo, onde permanece até sexta-feira, 19, naquela que constitui a sua 30ª escala neste porto, o mais visitado no estrangeiro pelo navio.

A efeméride, segundo Raquel Marchã, da Cooperação Portuguesa, será assinalada com a abertura do navio a visitas do público na quarta e quinta-feira, das 13:00 às 19:00, dias em que contará também com visitas de escolas públicas e instituições sociais de São Vicente.

Comandado pelo capitão-de-fragata António Manuel Gonçalves, com uma guarnição de 119 militares, o navio Sagres largou de Lisboa no passado dia 27 de Abril, de forma a estar presente no Rio de Janeiro (Brasil), por ocasião da visita do Presidente da República de Portugal, no âmbito do dia 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

O navio é um veleiro com 90 metros de comprimento, três mastros e armação em barca, construído nos estaleiros navais Blohm & Voss, na Alemanha, em 1937.

Celebra 80 anos em 2017, 55 dos quais com a bandeira de Portugal, desde 1962.

A sua principal missão é assegurar a formação marinheira dos futuros oficiais da marinha portuguesa, complementando a componente técnica e académica ministrada na Escola Naval.

Representa, igualmente, a Marinha Portuguesa junto das suas congéneres, e tem ainda por missão a afirmação de Portugal no mundo e o contacto com os portugueses da diáspora nos países e portos que visita, contribuindo para a divulgação da cultura e dos produtos portugueses.

SAPO c/Inforpress