Os equipamentos, nomeadamente uma giratória, dois camiões, além de outros materiais para reforçar o saneamento, limpeza e desinfecção de pavimentos das localidades, foram ostentados na Rua Pedonal Ildo Lobo, em Santa Maria, na presença de alguns curiosos, que se manifestaram satisfeitos, dado ao seu impacto e benefícios que poderão ter na saúde pública.

“Todas as actividades de suporte à saúde pública constituem a grande prioridade desta câmara”, destacou o autarca, sublinhando que o orçamento de funcionamento para o sector do saneamento e ambiente está perto de cem mil contos por ano.

“Temos uma receita de quase 80 mil contos da taxa de lixo, e a outra parte do dinheiro é de outras origens de financiamento da Câmara Municipal. E, em parceria com o Governo, temos feito grandes investimentos, também”, acentuou.

Neste particular, destacou a aquisição dos camiões de lixo, entre vários outros equipamentos, não só a nível de saneamento e protecção civil, investimentos em valores “superiores” a 80 mil contos, conforme referiu.

“Os números dizem que a Câmara Municipal e o Governo estão a trabalhar em actividades de suporte à saúde pública na ilha do Sal. Agora, vamos entrar numa nova fase, tendo em conta as circunstâncias actuais”, reforçou.

“E hoje estamos aqui para apresentar alguns equipamentos, não só para limpeza, mas também para a desinfecção de pavimentos. E vamos continuar nessa onda de adquirir mais equipamentos para não só limpar as ruas, mas desinfectá-las contra vírus e bactérias”, manifestou o autarca.

Referindo-se que as “coisas” no mundo estão diferentes e que há que se adaptar a esta nova realidade, Júlio Lopes promete uma governação cada vez mais firme, intensificar os investimentos e as acções para garantir e reforçar todas as actividades de suporte à saúde pública.

Já para o delegado de Saúde, José Rui Moreira, presente no acto, esses equipamentos vão ser, com certeza, uma mais-valia na limpeza e desinfecção do meio, além de também, conforme sublinhou, fazer face à luta anti-vectorial.

“Mas há um aspecto que também devemos salientar: esses equipamentos também servirão para a luta anti-vectorial, o nosso calcanhar de Aquiles. Portanto, vão servir para a limpeza do pavimento urbano, agora na vigência do coronavírus, mas também servirão para a luta anti-vectorial”, renovou o médico, concluindo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.