Estas jornadas estarão, segundo uma nota oficial, centradas num dos temas prioritários da União Europeia: Combater as Desigualdades. O lema escolhido para esta edição é “Abordando desigualdades: Construindo um mundo que não deixa ninguém para trás”.

“O tema é um dos mais importantes da Agenda 2010 para o Desenvolvimento Sustentável”, lê-se na mesma nota, que ainda dá conta que a sessão de abertura está agendada para a manhã do dia 18, contando com as intervenções de Jean Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia, Jorge Carlos Fonseca e vários chefes de Estado e primeiros-ministros africanos, entre eles a Rainha Mathilde, da Bélgica, os primeiros-ministros do Butão e da Bélgica e o presidente do Parlamento Europeu, e outras entidades internacionais.

Na sua intervenção, prossegue a mesma fonte, o Presidente da República abordará o tema geral, com tónica nos problemas dos pequenos Estados insulares, e de Cabo Verde, em especial.

O Presidente Jorge Carlos Fonseca terá ainda um encontro bilateral com o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, e com o Comissário para a Cooperação e Desenvolvimento, Neven Nimia, sobre o estado da parceria especial de Cabo Verde com a UE.

As Jornadas Europeias de Desenvolvimento (EDD em inglês), organizadas pela Comissão Europeia desde 2006, têm-se constituído no principal fórum da Europa sobre desenvolvimento e cooperação a nível global.

Têm como principal objectivo a sensibilização do público para a cooperação para o desenvolvimento e em tornar a ajuda comunitária da UE mais eficaz. Pretendem igualmente envolver e motivar todos os cidadãos europeus para a importância de uma parceria mais forte da UE com os países em desenvolvimento.

Anualmente, a UE tem reunido – para além dos representantes das Instituições europeias – participantes de todos os quadrantes do mundo: altos dirigentes mundiais, organizações internacionais, líderes da juventude, empresários e organizações da sociedade civil.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.