"É fixada a data de 24 de novembro de 2019 para a relização de eleições presidenciais", refere o decreto.

A decisão do chefe de Estado guineense foi tomada imediatamente a seguir a ter ouvido os 49 partidos, com e sem assemtno parlamentar, a Comissão Nacional de Eleições e o Governo.

José Mário Vaz cumpre cinco anos de mandato no domingo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.