Gilberto Silva, que se encontra de visita a Santo Antão, diz acreditar que os investimentos previstos para esta ilha até 2022 a nível de água e saneamento vão permitir a atracção de investimentos privados, contribuindo, assim, para o desenvolvimento económico desta região.

A título de exemplo, explicou, o projecto de água e saneamento de Santo Antão vai resolver “a situação emergencial” do saneamento no Porto Novo, como uma rede de esgotos insuficiente e obsoleta, a qual tem condicionado a implantação de investimentos privados no município.

Com o projecto financiado em 12 milhões de dólares, lançado esta semana no Porto Novo, cerca de 90 por cento (%) da ilha terá cobertura com água potável, outro “ganho” que, a seu ver, tornará Santo Antão mais atractivo e competitivo.

Segundo Gilberto Silva trata-se de investimentos “bastante estruturantes” nesses “sectores chave” do desenvolvimento desta ilha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.