O responsável fez essa afirmação no encerramento da II fase do curso de Busca e Resgate direccionada à Polícia Marítima, promovido no âmbito do Projecto do Sahel e cofinanciado pela União Europeia e Reino de Espanha.

“A presente formação constitui mais um exemplo da excelência desta parceria e uma oportunidade para o incremento da nossa cooperação bilateral”, notou o responsável, salientando a parceria num domínio do reforço e capacitação dos quadros.

Emanuel Estaline esclareceu que os 15 efectivos saídos dessa formação estão doravante mais capacitados em matéria de busca e salvamento, quer em situações naturais, de acidentes ou de eventuais situações de emergência decorrentes de acidentes do mar.

“Estando o nosso país situado numa zona estratégica do Atlântico impõem-se que as instituições com responsabilidade acrescidas na protecção e segurança marítima estejam preparadas e prontas para acudirem as situações de risco”, precisou.

A formação teve a duração de 10 dias e foi dirigida à Polícia Marítima da região de Sotavento, estando uma formação similar em Mindelo, São Vicente, para os efectivos da região norte.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.