Segundo o ministro que falava na audição na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a gestão dos TACV de julho de 1975 a junho de 2017, e posteriormente em declarações à imprensa na Cidade da Praia, o anterior Governo do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) estava entre duas opções: salvar os TACV ou salvaguardar os transpores aéreos, tendo sempre optado por salvar a companhia.

“O nosso Governo procurou, em primeiro lugar, salvaguardar os transportes aéreos e não salvar a TACV, simplesmente, ou seja, tomamos a decisão de assegurar os transportes aéreos em segurança, regularidade e previsibilidade interna, e procurar salvaguardar o máximo possível os TACV”, disse, sublinhando que a opção foi de salvar “a fatia mais importante em termos de negócio”, que é a vertente internacional.

José Gonçalves indicou que na década de 1990, os TACV tiveram um período positivo quando houve a renovação de frota com os dois ATR e depois com os dois Boeings, mas que entre 1999 e 2000 “não foi fácil”, tendo o Governo que tomou posse em 2001, encontrado desafios que foram agravando cada vez mais ao longo dos anos.

Em relação ao Icelandair, o ministro explicou que neste momento a empresa não está a pagar pelos serviços prestados, já que o Governo determinou que o pagamento pode ser feito em outra altura, como por exemplo, “fazer encontro de contas” através da privatização dos TACV, se o Icelandair decidir entrar no negócio.

De acordo com o governante, a partir do acordo com o Icelandair, a Cabo Verde Airlines está a operar com o “desafogo da tesouraria”, o que antes não acontecia, lembrando que o “Hub Aéreo” está na fase de arranque, com dois aviões que iniciaram a 01 de Fevereiro, mas que já está a mostrar que é um “negócio certo” e com a previsão de ter dez aparelhos em dois anos.

O ministro do Turismo e Transportes, José Gonçalves realçou, entretanto, que neste momento os TACV têm um passivo de 12 milhões de contos, sendo que 4 milhões foi só em 2015, o que fez com que a ajuda orçamental, liderada pelo Banco Mundial, fosse suspensa até que a solução para a companhia área nacional fosse definitiva.