Com a entrega formal da candidatura do Movimento para a Democracia liderado por Miguel Rosa, que durante estes quatro anos vinha desempenhando a função de presidente da Câmara Municipal do Maio, a presidência fica, neste momento, sob a tutela do vereador Queita Santos, que desta vez não vai fazer parte da lista do MpD para autarquia maiense.

Miguel Rosa que termina assim o seu primeiro mandato, concorre pelo Movimento para a Democracia (MpD-poder) à sua própria sucessão nas eleições autárquicas de 25 de Outubro.

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) aposta em António Ramos como cabeça de lista para a presidência da Câmara Municipal do Maio.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos nos cadernos eleitorais um total de 5.182 eleitores, (em 2016 o número de inscritos era de 4.822, dos quais 3.503 votaram.

WN/ZS

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.