De acordo com um comunicado, a menina teria saído de casa depois de uma discussão com a mãe e o padrasto, tendo pegado uma quantia de 300 escudos e deslocado à casa de familiares na localidade de Porto Madeira, no concelho de Santa Cruz.

Já no domingo, Meludy teria deslocado à Porto Mosquito, na Ribeira Grande de Santiago, onde acabou por ser localizada por elementos da PJ, após informação avançada à esta polícia, através da linha de emergência, por cidadãos que a teriam visto na referida zona.

No documento, a PJ agradece a população local, cuja colaboração foi fulcral para o desfecho deste caso.

Na mesma nota, a polícia científica cabo-verdiana informa que um outro jovem, de 25 anos, conhecido por Tozé, que foi dado como desaparecido na manhã desta quarta-feira, também já foi encontrado.

O jovem, residente em Achada Grande Frente, e que sofre de epilepsia, encontrava-se na casa de uma irmã, na localidade de Jamaica, Praia, onde teria se deslocado terça-feira, acabando por ali adormecer.

A PJ aproveitou para alertou a população no sentido de ter responsabilidade na transmissão/partilha de informação, relativamente a pessoas desaparecidas, devendo fazer chegar, o quanto antes, a informação às autoridades policiais, seja a PJ, ou a Polícia Nacional, ou através da esquadra mais próxima.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.