As medidas restritivas para evitar o novo coronavírus poderão agudizar o sofrimento dos guineenses, diz especialistas.

O encerramento de fronteiras e funcionamento parcial de mercados vai provocar o aumento de preços de produtos da primeira necessidades, diz o economista Aliu Soares Cassama.

“Vai haver a restrição na oferta, o que poderá condicionar o aumento generalizado dos preços (…) a falta de poder de compra dos agentes económicos, e complicar ainda mais a frágil economia em que estamos a viver,” diz Cassama.

O sociólogo Diamantino Domingos Lopes considera adequadas as medidas anunciadas pelo governo, mas suspeita que os compromissos sociais podem não ser cumpridos.

“Tudo indica que o Estado terá muitas dificuldades em honrar com os seus compromissos sociais, (pagamento de salários aos funcionários), uma vez que não está em condições de arrecadar receitas dos impostos.” Afirma Lopes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.