De acordo que Jorge Santos, que falava à imprensa depois de um encontro com Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, Cabo Verde tem conseguido pôr na agenda a questão da mobilidade.

“Espera-se, cada vez, mais abertura por parte dos países membros e menos resistências, e, por conseguinte, estamos optimistas de que é possível ter a mobilidade a nível dos países de língua portuguesa”, indicou.

Para isso, adiantou que essa questão vai ser discutida no final deste mês em Lisboa, Portugal, e no próximo mês de Junho, na cidade do Mindelo, durante a cimeira dos ministros de Negócios Estrangeiros da CPLP.

Jorge Santos apontou, no entanto, que a mobilidade tem colocado pressão positiva em todos os níveis do poder, nomeadamente a nível dos chefes de Estados, dos Governos e dos Parlamentos.

“Existe uma vontade de todas as partes constituintes da nossa comunidade para darmos mais um passo em frente na mobilidade e estamos em crer que estamos cada vez mais próximo para dar esse passo”, acrescentou.

O chefe da casa parlamentar adiantou ainda que neste encontro com o Presidente da República debruçaram -se sobre a próxima assembleia parlamentar da CPLP, a acontecer em Luanda, Angola, de 08 a 10 de Julho.

Nesta cimeira, informou Jorge Santos, vai ser tomada a decisão para a instalação do Secretariado Permanente, bem como discussões sobre a mobilidade a nível parlamentar,” uma vez que todo o edifício legislativo da mobilidade passará pelo Parlamento”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.