Portugal registou recentemente quatro casos importados de Cabo Verde, segundo o relatório de Covid-19 deste País.

Reagindo a este relatório, Artur Correia considerou ser normal esta situação porque antes do aparecimento dos dois casos importados nos hotéis, na Boa Vista, um da Inglaterra e outro da Holanda, Cabo Verde recebeu milhares de turistas.

“É natural que também os outros turistas de outras nacionalidades, que conviviam de forma mais intenso com os europeus e que, eventualmente, muitos estariam infectados. Vão aparecer, proximamente, mais casos de turistas que os países vão declarar que tiveram caso importado de Cabo Verde”, assegurou.

Informou que já enviou um e-mail para a sua homóloga portuguesa, com vista a saber mais informações e mais detalhas de onde é que esses infectados estavam hospedados para que possam avançar com medidas de vigilância.

Cabo Verde registou até o momento seis casos positivos do novo coronavírus, sendo quatro na ilha da Boa Vista e dois na Cidade da Praia, ficando por confirmar os dois testes “inconclusivos”.

Entre os três casos positivos na ilha da Boa Vista, um resultou em óbito, um cidadão inglês de 62 anos.

Depois de surgir na China, em Dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 640 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 33.000.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.