Segundo soube a Inforpress, o avião da SATA foi fretado para trazer os residentes que estavam em Portugal, levar os brasileiros que se encontravam ainda em Cabo Verde, e trazer também de volta os cabo-verdianos residentes, que estavam em Fortaleza, Brasil.

O voo que partiu do Sal, com destino a Portugal, na noite de terça-feira, transportou 171 passageiros, inclusive portugueses que não tinham bilhete de passagem que entretanto, manifestaram vontade de ir para o seu país.

Também, nesta mesma noite, a TAP realizou um voo levando a bordo mais de 200 passageiros.
Fonte da Cabo Verde AirLines disse “que em princípio”não há mais passageiros a serem repatriados do país e vice-versa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.