O site desenhado pelo web designer Helton Galina, dispõe de informações úteis sobre todo o processo eleitoral, que se iniciou em 1991 com as eleições legislativas e presidenciais realizadas no País, sobre as eleições autárquicas nos 22 municípios, notícias, sala de imprensa, entre outras.

No acto da apresentação do site, a presidente da CNE, Maria do Rosário Pereira, disse que a intenção foi ter um espaço simples e de acessibilidade, por forma a que todos possam ter informações sobre as eleições em Cabo Verde.

No evento em que a presidente da CNE aproveitou para fazer o ponto de situação relativo aos preparativos das eleições de 2020, ficou o apelo no sentido de que as eleições constituem um momento ímpar para a “legitimação dos governantes locais e nacionais” e que não deve ser “parado”, mesmo com a situação da pandemia que se vive.

“Não obstante as incertezas trazidas pela pandemia global e a situação de calamidade pública que o País atravessa, está assente e demonstrada a necessidade de não ficarmos parados, pois, o País precisa avançar, ainda que em ritmo diferente e não desejado”, disse.

A CNE que quer estar pronta para quando for chamada a cumprir o seu papel, segundo Maria do Rosário Pereira, vem buscando caminhos e novas soluções para promover informações eleitorais acessíveis e promover eleições credíveis e inclusivas.

Sendo assim, afirmou, que com o novo modelo do site, os cidadãos eleitores, os partidos políticos e potenciais candidatos às eleições no País, vão ter acesso aos serviços da CNE, entregar ou levantar correspondência através do endereço electrónico, consultar locais de votos, entre outros.

Além destas informações, sublinhou, o novo site conta com informações eleitorais no ‘podcast’ para pessoas com deficiência visual e auditiva, assim como um Guia do Cidadão Eleitor, com tradução em linguagem gestual.

O novo site, explicou ainda, dispõe de dados das listas dos candidatos das eleições municipais de 2016 desagregados por sexo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.