As inaugurações aconteceram na Rua Barjona de Freitas (Rua Hospital Agostinho Neto), Rua Pedonal Dra. Helena Lopes da Silva, Miradouro da Moradia e Praça do Liceu Domingos Ramos

“No ano passado, inauguramos o lado do Ténis e Diogo Gomes e faltava a Rua do Hospital, que demorou algum tempo devido a exigência do arquitecto, mas agora conta com bancos para as pessoas sentarem e iluminação artificial”, apontou Óscar Santos, informando que as obras da Rua do Hospital foram trabalhadas em “estreita colaboração” com o pessoal médico.

Óscar Santos referiu também à inauguração, também na Rua do Hospital Agostinho Neto, do Pedonal médica Helena Lopes da Silva, cirurgiã falecida em 2018, que trabalhou por mais de 30 anos no Hospital de Santa Maria (Portugal) e que foi membro do Conselho da República de Cabo Verde.

A última fase de requalificação da parte histórica do Platô vai ser concluída, conforme anunciou o edil praiense, com a conclusão das obras na Ponta Belém.

“Com isto,  vamos ter o Platô completamente reabilitado e agora podemos andar do Liceu até Ténis e constar que o nível de qualidade urbana é idêntico, sem altos e baixos”, concluiu.

No próximo sábado,08, a CMP vai inaugurar as obras de drenagem da Avenida Cidade de Lisboa, e toda a requalificação à frente do Estádio da Várzea.

OM/JMV
Inforpress/Fim

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.