A barragem de Salineiro, situada no município de Ribeira Grande de Santiago, recebeu as suas primeiras águas, dois anos depois da sua inauguração.

A infraestrutura, inaugurada em 2013, já recebeu cerca de dois metros de água (em termos de altura), avançou à Inforpress um técnico do Ministério do Desenvolvimento Rural, responsável pela barragem, sem ainda precisar a quantidade da água em termos de metros cúbicos.

Num périplo pelas localidades circundantes à barragem, nomeadamente, Salineiro e Calabaceira de Cidade Velha, a Inforpress constatou hoje a satisfação da população que está a augurar dias melhores, caso futuramente a barragem albergar uma grande quantidade de água.

Situada na Ribeira Grande de Santiago a cerca de 2 km (quilómetros) a montante da localidade de Salineiro, tem uma capacidade de armazenamento de 701 mil metros cúbicos de água e vai irrigar cerca de 58 hectares de terra nas zonas de Salineiro e a norte de Calabaceira.

Esta barragem, orçada em mais de 500 milhões de escudos, tem 26 metros de altura e 168 do coroamento – que vai servir de passagem na via pedonal para a Cidade Nova - e ainda uma rede de adução de mais de 500 metros que vai regar essas localidades.

A barragem de Salineiro tem uma galeria interna que permite, sempre que necessário, fazer os arranjos no seu interior.

Dispõe também de dispositivos de toma de água, munidos de válvulas de serviço e de emergência e dotados de um sistema de filtros (limpeza) nas bocas de entrada para a retenção de materiais finos.

A largura do coroamento é de 8 metros de forma a permitir o trânsito de viaturas nos dois sentidos da nova via a ser brevemente construída ligando as povoações de Calabaceira a de Salineiro.

Inforpress