Tebboune conseguiu 58,15% dos votos, indicou o presidente da ANIE, Mohamed Charfi, numa cerimónia oficial um dia depois do escrutínio marcado por uma abstenção recorde — votaram 41,14% dos eleitores segundo os dados oficiais – e que decorreu num contesto de contestação em massa do regime no poder na Argélia desde a independência em 1962.

O anúncio da vitória de Abdelmadjid Tebboune, 73 anos, foi feito quando está previsto que os argelinos ocupem as ruas pela 43.ª sexta-feira consecutiva desde o início do movimento (“Hirak”) de protesto a 22 de fevereiro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.