Página gerada às 14:34h, domingo 20 de Agosto

Liga Nazarena doa sessenta camas articuladas ao Hospital Agostinho Neto

29 de Dezembro de 2016, 15:47

A Liga Nazarena de Solidariedade entregou hoje ao Hospital Agostinho Neto (HAN) sessenta camas articuladas e conjuntos de materiais para ajudar esta instituição de saúde na melhoria das condições de internamento.

Na ocasião, o director do HAN, Júlio Andrade, disse que esses donativos vão melhorar as condições de internamento porque, para além das sessenta camas, foram distribuídos colchões, lençóis e outros consumíveis em diversas áreas.

Para o responsável, essa doação vai incentivar, com os recursos próprios, o hospital a adquirir outros novos equipamentos para a melhoria dos serviços em outros sectores.

“Portanto, é uma ajuda muito boa e bem-vinda nesta altura do ano. E assim poderemos arrancar 2017 com mais possibilidades para proporcionar melhor qualidade aos doentes”, notou o responsável.

Por sua vez, o superintendente da Liga Nazarena de Solidariedade, David Araújo, disse que a Igreja para além de trabalhar na prevenção, preocupa-se, também, em criar outras condições, "pensando no homem como motor de desenvolvimento".

Adiantou que o trabalho da Igreja Nazarena tem passado junto da sociedade com mensagens de prevenção a nível do álcool, do tabaco e saúde sexual reprodutiva.

E ainda sobre a entrega desses donativos, acrescentou que o gesto vai ser importante para o desenvolvimento do trabalho do Hospital Agostinho Neto, uma vez que, conforme defendeu David Araújo, os trabalhos entre as instituições têm que ser feitos em complementaridade.

“É somente na complementaridade que teremos um país mais forte”, defendeu David Araújo, prometendo que no futuro essa doação ao Hospital Agostinho Neto vai ser mais frequente.

Camas hospitalares, colchões, muletas, suportes para deficientes, bastões, barras de protecções para as camas, kits para manutenção e reparação de equipamento, lençóis e materiais de maternidades foram os equipamentos doados pela Liga Nazarena de Solidariedade.

SAPO c/ Inforpress

Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais