Página gerada às 22:48h, quarta-feira 19 de Setembro

PMEs portuguesas no grupo de escolhidas por Bruxelas para financiamento de milhares de euros

06 de Abril de 2017, 12:30:00

São cerca de 180, de um conjunto de mais de 2.100 propostas recebidas, os projetos que a Comissão Europeia considerou inovadores e selecionou para receberem 50 mil euros cada. Entre eles estão três empresas portuguesas.

A mais recente ronda do SME Instrument colocou a Charge2C-NewCap, de Benavente, a Mater Dynamics com a proposta QStamp, do Porto, e a STME com o projeto Fibersail, de Porto Salvo no mapa das empresas portuguesas que já conseguiram financiamento ao abrigo deste programa da estratégia Horizon 2020.

A Fase 1 de 2017 do SME Instrument recebeu 2.111 propostas até 15 de fevereiro último, tendo sido escolhidas 184 empresas, responsáveis pelos 178 projetos que serão financiados em 50 mil euros cada um, para poderem desenvolver as suas ideias de negócio.

A maioria dos projetos está relacionada com a área das TIC (36), seguindo-se muito perto as propostas de sistemas relacionados com a eficiência energética (31) e depois os Transportes (28).

Por Estados-membros, a Itália foi o país com mais PME selecionadas (37), seguida da Espanha (33) e do Reino Unido (16). Desde o lançamento do programa, em janeiro de 2014, o SME Instrument já financiou 2.208 empresas.

Com as três “aquisições” mais recentes, o grupo de PMEs nacionais beneficiadas por Bruxelas está agora em 59.  

Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais