Página gerada às 20:12h, sexta-feira 17 de Novembro

Montra TeK : 4 câmaras reflex para entrar com o "disparo" certo no mundo da fotografia

14 de Novembro de 2017, 12:15:45

Há uma coisa que devemos desde já salientar: uma câmara a este preço, apesar de estar inserida no segmento que designamos como reflex (ou DSLR) e estando na entrada de gama de cada marca, não inclui todas as funcionalidades que alguns modelos mais avançados integram.

No entanto, face à compacta convencional que normalmente serve de porta de entrada no universo da fotografia (juntamente com os smartphones, nos dias que correm), o lote de funções de base e opções criativas é bastante mais vasto.

Estando ao nível das câmaras de sistema compacto também situadas na entrada de gama, é certo que vai encontrar nestas reflex para principiantes o tradicional ecrã de previsualização das imagens que está a captar, por exemplo.

Neste segmento é difícil encontrar capacidades táteis neste ecrã, mas por perto estarão as tradicionais teclas de função e direcionais e a típica roda de modos está no topo do corpo da câmara, normalmente. Ao lado está, habitualmente, uma sapata de medida standard para encaixe de acessórios, como um flash externo, por exemplo.

É igualmente normal a presença de um slot para cartões de memória SD, bem como a rosca de ¼ polegadas, na parte de baixo, para instalação num tripé. O flash integrado pode ser acionado com um botão físico na lateral.

Na frente da câmara, a objetiva, que na maior parte das vezes é a 18-55 mm de kit. Nos casos que encontra na galeria acima, contudo, pode acontecer que o pack inclua apenas o corpo da reflex, sendo que a lente terá assim de ser adquirida em separado, aumentando o preço.

Cada marca integra um encaixe de montagem proprietário, pelo que em câmaras reflex da Canon ou Nikon, por exemplo, é “obrigatória” a utilização de objetivas da mesma marca. Sem exceções, é efetivamente uma questão de compatibilidade e encaixe físico.

Voltando à já referida roda de modos, o mais importante neste ponto é ficar a saber que é este comando físico que permite alternar entre os vários modos de captação de fotografias que a câmara integra.

Há o modo automático, que provavelmente será o que, numa primeira fase, conseguirá garantir-lhe resultados acima da média de forma mais eficaz, e também o modo de gravação de vídeo, que, mesmo em modelos a este preço, suporta o formato Full HD, na maior parte dos casos.

E há ainda três modos mais avançados e criativos: em primeiro lugar, os modos de prioridade à abertura e de prioridade ao obturador; e, permitindo efetuar os ajustes totais incluídos nesses dois modos, o modo manual. Pode ver neste artigo do SAPO TEK tudo o que é preciso saber sobre estes modos mais avançados.

Mas vamos ao que interessa: espreite os quatro modelos que escolhemos e que detalhamos na galeria e fique a conhecer a forma como pode entrar no mundo da fotografia mais criativa sem ter de gastar demasiado.

É que o resto do orçamento terá de ser “aplicado” num composto lote de acessórios fotográficos que ajudam a fotografia a transformar-se num passatempo bem mais interessante, criativo e “viciante”. O seu portefólio fotográfico nunca mais será o mesmo.

Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais