Página gerada às 01:25h, sexta-feira 28 de Julho

LinkedIn prepara-se para avançar com o carregamento de vídeos

17 de Julho de 2017, 06:53:00

A rede social focada no mundo empresarial vai introduzir mudanças, em especial nas suas aplicações móveis, para apostar na partilha de vídeos entre utilizadores. Esta é uma área em que outras grandes redes já apostaram e, no caso do LinkedIn, as mudanças implementadas vão ser semelhantes ao que já é normal nos outros sítios.

Os vídeos podem ser filmados tanto na vertical como na horizontal e, tal como acontece por exemplo no Facebook, vão ser reproduzidos automaticamente nos feeds principais. A rede social vai ainda oferecer ao proprietário do vídeo a hipótese de aceder a estatísticas - número de visualizações, gostos, partilhas, etc.

Um toque pessoas que o LinkedIn vai colocar na nova funcionalidade é a de permitir que se saiba quem foram as pessoas que assistiram ao vídeo. Esta informação inclui o local de trabalho da pessoa e a sua função.

No total, os carregamentos não podem ter mais de 10 minutos, mas esta pode ser uma vantagem para muitas empresas alargarem a sua divulgação de conteúdo, como já o fazem nas restantes redes. Não existe uma data específica para o serviço ir para o ar, mas a empresa garante que será nos próximos meses.

Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais