Página gerada às 14:21h, quarta-feira 22 de Outubro

Manuel José e a sucessão a Scolari: «estava tudo montado»

18 de Novembro de 2008, 15:47

O treinador português que se sagrou campeão africano de clubes pelo Al-Ahly do Egipto este ano criticou o processo de sucessão de Scolari por Carlos Queiroz no comando da Selecção Portuguesa afirmando que «estava tudo montado».

Manuel José em declarações à TSF realçou que tem toda a legitimidade para falar e criticou o Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madaíl, por ter escolhido Queiroz para suceder a Scolari,«com muita pressão dos ‘sebastianistas’» e também por ser «mais conveniente».

«Tinha a certeza absoluta de que eu não seria seleccionador, pois sei o que se passa no futebol português e quais as ligações que existem. Até o secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias, disse que o Queirós era a escolha acertada. Por isso, estava tudo montado», atirou o "faraó" do futebol egípcio.

O treinador português descarta ainda qualquer possibilidade de vir a treinar Portugal,«o actual seleccionador tem quatro anos de contrato e dificilmente continuarei a trabalhar quando tiver 65/66 anos, pois quero reformar-me a tempo de poder fazer coisas que gosto mas que não posso fazer devido à actividade profissional»


Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais