Página gerada às 05:57h, sexta-feira 18 de Agosto

China aprova quase 23 mil milhões de euros para regiões atingidas por sismos

11 de Agosto de 2017, 17:21

O Governo chinês aprovou uma ajuda de 180.000 milhões de yuan (22,9 mil milhões de euros) para as vítimas e reparação de danos dos sismos registados esta semana no oeste do país, foi hoje anunciado.

A província de Sichuan, no sudoeste do país, vai receber cerca de 12.700 milhões de euros, indicaram as autoridades.

Pelo menos 20 pessoas morreram e mais de 400 ficaram feridas na terça-feira, na sequência do sismo de magnitude 7, de acordo com os serviços geológicos chineses.

O terramoto atingiu sobretudo Jiuzhaigou, um dos parques naturais mais visitados na China. 

A região autónoma de Xinjiang, no extremo noroeste da China, vai receber cerca de 10,1 mil milhões de euros, afirmaram.

Na quarta-feira, um sismo de magnitude 6,7 fez 32 feridos e danificou mais de mil casas, indicaram as autoridades e os serviços geológicos chineses.

Equipas de socorro e ajuda humanitária continuam a trabalhar nos dois locais para prestar auxílio às vítimas.

Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais