Página gerada às 13:02h, sabado 24 de Junho

Chefe do Governo confirma encontros trimestrais com a líder da oposição

18 de Junho de 2017, 16:22

O primeiro-ministro confirmou hoje, na sua página do Facebook, que vai ter encontros trimestrais com a líder da oposição, Janira Hopffer Almada, para concertarem matérias importantes sobre o país e cuja aprovação no Parlamento exige dois terços.

Ulisses Correia e Silva citou como exemplo de assuntos que exigem dois terços a revisão constitucional, a regionalização o Código Eleitoral, entre outras “matérias estruturantes a nível do Estado.

À saída do encontro com o chefe do Governo, em declarações à imprensa, a presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição) reconheceu ser “importante” que haja um “quadro de diálogo regular com o presidente do MpD (Movimento para a Democracia) e chefe do Governo para que se possa conseguir traçar “entendimentos prévios em matérias estruturantes” e “fundamentais para o futuro do país”.

A política externa de Cabo Verde foi igualmente tema da reunião entre a líder da oposição e o chefe do executivo.

“Mais uma vez, manifestamos de forma frontal ao senhor primeiro-ministro que a medida de isenção de vistos aos cidadãos da União Europeia e Reino Unido deve ser ponderada e avaliados os seus impactos”, declarou, ajuntando que perguntou a Ulisses Correia e Silva por que razão Cabo Verde não negociou uma eventual possibilidade de isenção de vistos para os cidadãos cabo-verdianos no espaço dos referidos países europeus.

Instada sobre a resposta que obteve do primeiro-ministro a propósito da facilitação de circulação dos cabo-verdianos no espaço europeu e da negociação do acordo multilateral de céu aberto, disse que Correia e Silva tem uma “perspetiva diferente da do PAICV” e, por isso, entende que “não há condições para se negociar isto conjuntamente”.

“Nós entendemos que há condições para se negociar. Poder-se-á não conseguir, mas cabe ao Governo tentar e garantir esta reciprocidade”, assegurou Janira Hopffer Almada. 


SAPO c\ Inforpress

Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais