Página gerada às 08:22h, quarta-feira 22 de Novembro

Paris/Atentado: Fillon promete manter o estado de emergência

21 de Abril de 2017, 13:22

O candidato da direita às presidenciais francesas, François Fillon, prometeu, se for eleito, manter o estado de emergência em França, na sequência do atentado de quinta-feira em Paris, em que um polícia foi morto.

Numa declaração na sede da campanha, Fillon disse assumir “a luta pela liberdade e pela segurança do povo francês” e que ela deve ser “a prioridade” do próximo presidente.

O candidato prometeu que, se for eleito, vai reforçar a polícia e as forças militares e lançar uma “iniciativa diplomática” contra o extremismo islâmico.
França está em estado de emergência desde os atentados de 2015 em Paris.

Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

 

SAPO Jornais