Página gerada às 23:17h, sexta-feira 24 de Abril

SAPO Cabo Verde: 4 anos de grandes sucessos

16 de Abril de 2012, 13:37

O SAPO CV nasceu há 4 anos a dançar o funaná com todos os cabo-verdianos e acaba de atingir um importante marco de 10 milhões de visualizações.


Corria o dia 15 de Abril de 2008 quando nasceu o Portal SAPO Cabo Verde com a integração dos parceiros de comunicação: A Semana, Expresso das Ilhas, RTC, Liberal, PraiaFM, A Nação e Agência Inforpress.

Desde então temos estado a acompanhar o dia-a-dia dos cabo-verdianos.Beneficiando do know-how adquirido ao longo de 16 anos e em colaboração com os parceiros de comunicação social locais o SAPO CV tem assumido um papel fundamental na dinamização da imagem de Cabo Verde no mundo digital e na promoção da utilização da Internet enquanto ferramenta do conhecimento.

Fruto de sólidas parcerias locais, o SAPO CV tem vindo a desenvolver inúmeros canais e aplicações, bem como ferramentas de comunidade como os vídeos, fotos e blogs.

Assim em 2009, lançamos os canais temáticos: Sabores, a pensar no melhor da nossa cozinha cabo-verdiana; Viajar, um autêntico convite a descobrir as ilhas do Atlântico; as Rádios Online, com o objectivo de chegar aos utilizadores na diáspora e não só;o Kids, dedicado especialmente aos mais novos; o Palco Principal, à distância de um clique qualquer um pode ficar a par das últimas novidades da música no mundo; e o Astral, que por  mera curiosidade ou não, quase todos nós já visitámos para consultar as previsões semanais e mensais.

No ano de 2010 lançamos o SAPO Mulher, um canal que aposta em conteúdos locais, valorizando a imagem das mulheres cabo-verdianas, com entrevistas, vídeos e reportagens, com o intuito de promover a mulher cabo-verdiana.

Num ano em que o país comemorou os 500 anos do seu descobrimento e 35 anos de independência reunimos num só espaço o percurso histórico, os monumentos e achados antigos, e olhámos para o futuro do país com a rubrica "Cabo Verde daqui a 100 anos". Acompanhámos a visita do Presidente português, Cavaco Silva, que foi um dos convidados especiais para o programa comemorativo dos 550 anos.

Em 2010, fomos ao primeiro concerto do Akon em Cabo Verde, estivemos com a Daniela Mercury e visitámos a Ponta Preta, na ilha do Sal, para uma das maiores provas do campeonato mundial de Windsurf.

Quisemos ainda passar conhecimento com os workshops estudantis, as Oficinas SAPO em parceria com a CV Multimédia. Além disso, estivemos presentes nos festivais e no Carnaval.

Corria o ano de 2011, um ano importante para a democracia cabo-verdiana.  Houve duas eleições, as legislativas e as presidenciais, estivemos a acompanhar ambos os escrutínios e fizemos a nossa primeira transmissão em directo, com a RTC, dos resultados no dia 6 de Fevereiro.

Em 2011 voltámos ao Carnaval de São Vicente. Do Samba Tropical ao Cruzeiros do Norte, o SAPO esteve lá. E continuamos a apoiar a música e a cultura. Estivemos na primeira edição dos Cabo Verde Music Awards – CVMA, que transmitimos em directo para todo o país e diáspora. Fomos aos festivais, aos carnavais, aos concertos, ouvimos Adriana Calcanhoto e a diva Alcione.

Este foi o ano em que a Selecção Nacional esteve muito perto de se qualificar para o CAN. Não foi desta, mas os Tubarões Azuis têm conquistado cada vez mais os adeptos e até já têm um hino feito pelo músico Gilyto.

Apostamos cada vez mais nos nossos Blogs. O 'Na Esquina do Tempo' começou por ser um blog, mas o interesse activo do professor Brito Semedo fez com que o projecto se transformasse em Magazine Cultural.

Prestámos homenagem a Cize com um site especial dedicado à sua carreira. Meses mais tarde, a 17 de Dezembro, Cesária Évora faleceu na cidade de Mindelo.

Na segunda edição dos prémios da música cabo-verdiana, CVMA 2012, para além da transmissão em directo na Internet, entregámos o SAPO Award a Ricky Boy, o artista mais votado pelos nossos utilizadores.

Apoiámos a nossa diáspora, por isso somos parceiros do Instituto das Comunidades na iniciativa Web TV Cabo Verde Global, uma televisão digital destinada aos emigrantes.

Desde 2010 que acompanhámos o festival Kriol Jazz na Praia, um evento que está a levar o nome de Cabo Verde mais longe.

Agregador de todo o tipo de conteúdos sobre Cabo Verde, o SAPO é hoje um elo entre os milhares de cabo-verdianos presentes em todo o mundo, onde num segundo podem saber as principais novidades sobre o país. O SAPO Cabo Verde tem vários motivos para festejar. São 4 anos e 10 milhões de visualizações.

Entramos em 2012 a querer fazer ainda mais pelos nossos utilizadores com destaque para o lançamento de novos canais que refletem uma aposta clara na música e na educação: criação do Portal do Estudante, para pré-universitários e universitários, com toda a informação sobre bolsas de estudo, cursos e universidades; o SAPO Música, com informação de espetáculos e festas, perfis e entrevistas aos artistas de Cabo Verde; e Festivais 2012, com agenda e informação de todos os festivais que decorrem em Cabo Verde. Para além destes canais, também irá ser lançado o SAPO Desporto e o SAPO TV e Cinema.

Presente em cinco países da comunidade lusófona – Portugal, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Timor-Leste – o Portal SAPO faz parte do Grupo Portugal Telecom, que tem em África um dos seus principais focos de investimento a par com o Brasil. Presente no continente africano desde há 20 anos, a Portugal Telecom tem participações em Cabo Verde, Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Namíbia, Quénia e Botswana.

Em Cabo Verde, na Cidade da Praia, o SAPO CV ofereceu a todos os praienses uma Sunset Party, com muita música e animação. Ontem, ao final da tarde o SAPO CV soprou as velas e lançou centenas de balões que pintaram de verde o céu da capital cabo-verdiana.

Em Lisboa, a festa irá decorrer no conhecido clube de espectáculos recentemente inaugurado “b.leza”, dia 27 de abril, a partir das 22h30, com a actuação de Miroca Paris, Calú Moreira e Ritinha Lobo.

 

+ Fotos do 4º aniversário SAPO

+ Kebra Cabana staba sabi

+ Alguns dos melhores momentos do SAPO Cabo Verde em fotos

@SAPO



Comentários

Critério de publicação de comentários

 

Banca de Jornais